Já faz um tempo que o conceito de logística estratégica tem dominado as empresas. Ou seja, ela deixa de estar ligada somente à parte operacional — estoques e transporte, por exemplo — e começa a contribuir para que as empresas alcancem resultados melhores.

No artigo de hoje vamos falar mais sobre essa definição, os processos que fazem parte dessa gestão e como ela auxilia no crescimento do negócio. Quer saber mais? Então continue com a leitura e confira agora mesmo!

O que é a logística estratégica, afinal?

De maneira geral, podemos definir a logística estratégica como a área responsável por auxiliar na otimização dos processos, redução de custos, criação de vantagem competitiva e elaboração de soluções diferenciadas.

Por meio da logística, torna-se possível manter os clientes e suas necessidades com foco e planejamento das atividades que realmente vão agregar valor ao resultado final. Com isso, sua empresa torna-se mais eficiente e competitiva no mercado.

Quais processos e investimentos devem fazer parte dessa gestão?

Para implementar a logística estratégia em sua empresa, é necessário observar alguns aspectos necessários. Dentre eles:

Redução de custos e aumento da vantagem competitiva

A redução de custos é um dos aspectos mais básicos da logística estratégica. Para transformar sua gestão, é preciso investir na criação de ações que o ajudem a reduzir os custos e tornar os processos eficientes.

Essa diminuição pode ser feita de diversas formas:

  • eliminação de desperdícios (tempo, recursos, mão de obra, materiais, entre outros);

  • eliminação de etapas desnecessárias (que não agregam valor ao resultado);

  • melhorias nos processos que proporcionam aumento da produtividade.

Só é preciso ter o cuidado de planejar esses cortes, já que alguns aspectos podem impactar na qualidade do produto ou serviço oferecido e trazer um custo maior a longo prazo. Um bom exemplo disso é a utilização de embalagens mais baratas, mas que não protegem os produtos, causando avarias e insatisfação nos clientes.

Como o gasto é um fator que influencia diretamente na lucratividade do negócio, podemos afirmar que promover essas reduções ajuda a aumentar os lucros, ou a oferecer preços mais atraentes, o que ajuda tornar sua empresa mais competitiva.

Investimento em tecnologia

O investimento em tecnologia também é fundamental para promover a logística estratégia. O uso de sistemas de gestão e automatização de processos ajuda a aumentar a produtividade, diminuir o índice de erros e diminuir retrabalho, além de centralizar as informações e torná-las mais confiáveis.

Com a criação de relatórios, facilita-se o processo de análise da produção, uma vez que consegue-se aprimorar suas operações, além de possuir um suporte à gestão, já que torna-se possível acompanhar indicadores de desempenho dos processos, identificar as falhas e criar ações mais precisas de correção de problemas.

Logística enxuta e criação de valor

O conceito de logística enxuta é baseado no sistema de produção enxuta — criado e desenvolvido pela Toyota. A ideia é fazer com que os processos se tornem mais eficientes, eliminando quaisquer desperdícios que podem ocorrer ao longo das etapas.

A logística enxuta envolve, principalmente, o mapeamento dos processos e identificação das falhas e melhorias que precisam ser realizadas. Com isso, consegue-se reduzir custos e eliminar as tarefas que são desnecessárias, criando valor para os clientes.

Vale lembrar que valor e preço são duas coisas distintas e que os clientes estão dispostos a pagar um pouco mais por aquilo que percebem que realmente pode satisfazer suas necessidades, ou trazer um diferencial — comparado aos que os concorrentes oferecem — ou seja, estão dispostos a pagar um preço um pouco mais alto para agregar valor ao produto.

Melhorias contínuas

A implantação de uma rotina de melhorias contínuas também está ligada à logística estratégica. Ela é alcançada a partir do momento em que os processos são constantemente analisados e aprimorados.

Uma das melhores práticas para promover as mudanças é o ciclo PDCA, que consiste na avaliação das atividades e a criação de planos de ação que ajudam a aperfeiçoar os métodos de trabalho.

Como o nome sugere, trata-se de um ciclo, ou seja: os resultados da última etapa é o que servirá como base para iniciar uma nova passagem.

Logística integrada

A logística integrada consiste na integração entre os processos, áreas e até mesmo os parceiros do negócio. Ou seja, a troca de informações é constante e a comunicação é sempre clara e fluida.

Dessa forma, o gestor consegue acompanhar o desenvolvimento dos processos, mesmo quando eles ainda não iniciaram. Por exemplo, sabe-se quando os produtos estão saindo do fornecedor e tem-se uma previsão de quando chegarão no destino final. Assim, cria-se um plano todo baseado na demanda e na disponibilidade de materiais.

Por meio dessa gestão, é possível melhorar o planejamento das atividades, ganhar eficiência e alcançar resultados ainda melhores. Além do fato de que se consegue maior sinergia nas relações de trabalho, controlando as atividades de ponta a ponta.

Quais são os impactos da logística estratégica no crescimento da empresa?

Com a adoção da logística estratégica, a possibilidade do negócio entrar em processo de expansão é maior, já que os resultados dessa gestão ajudam a melhorar as operações e o relacionamento com os clientes. Confira alguns dos motivos:

  • Processos mais eficientes: Como dito anteriormente, ações são adotadas para reduzir os desperdícios que ocorrem ao longo das etapas. Ou seja, sua empresa consegue produzir mais (ou a mesma quantidade), usando uma parcela de recursos menor — o que se traduz em maior eficiência.

  • Aumento da qualidade: Com todas as melhorias que são aplicadas na rotina, é seguro afirmar que a qualidade dos produtos e serviços que são oferecidos aos clientes é maior. Soma-se isso ao fato que o foco sempre está nos resultados que realmente vão agregar valor.

  • Satisfação dos clientes: Com o foco voltado para as necessidades que seu público possui e a melhoria da qualidade, os clientes se tornam mais satisfeitos e sua empresa consegue melhorar a imagem que possui no mercado.

  • Ganho em competitividade: O aumento da competitividade pode ser alcançado pela adoção das melhores práticas de mercado, redução dos custos operacionais, aumento da lucratividade e a satisfação dos clientes.

Como você pode ver, a logística estratégica proporciona os meios necessários para otimizar suas operações e fazer com que sua empresa consiga ser mais eficaz e eficiente, obtendo resultados cada vez melhores. Assim, é possível crescer sempre mais e conquistar mais espaço nesse mercado cada dia mais competitivo.

Gostou do artigo e quer continuar acompanhando nossos conteúdos? Então assine a nossa newsletter agora mesmo e receba nossas novidades em primeira mão!