No mundo em que vivemos, as coisas mudam na velocidade da luz. A tecnologia oferece cada dia mais inovações, mas, apesar de todas as conveniências, as empresas ainda enfrentam desafios para operar com mais eficiência.

Embora muitas coisas já possam ser resolvidas com apenas um clique, as organizações apresentam dificuldades para controlar operações e apontar um direcionamento mais estratégico.

Vários empreendimentos ainda parecem sofrer com processos não alinhados e o acúmulo de dados. Nesse contexto, como trazer mais sistematização para evoluir e crescer?

Para muitos gestores, a resposta está na adoção da metodologia Lean para o funcionamento das empresas. Instituições modernas usam esse método de negócios focado no cliente para ajustar cada um dos seus processos internos e garantir que cada etapa está agregando valor e contribuindo para melhorias das operações.

A metodologia Lean foi usada pela primeira vez na indústria automobilística. Sua criação é atribuída à Toyota, que procurava criar uma linha de montagem mais organizada e eficaz, com processos otimizados.

Se você se interessou e deseja saber mais sobre esse método, como ele funciona e os benefícios que pode trazer para a sua empresa, acompanhe o nosso artigo de hoje!

A metodologia Lean e como ela funciona

O termo “lean” vem do inglês e pode ser entendido como “enxuto”. Assim, o conceito principal dessa metodologia é investir em padronização e organização de processos a fim de minimizar desperdícios de tempo e dinheiro.

Essa redução é possível por meio da adoção de procedimentos mais simples e eficientes em todas as etapas — da produção ao transporte.

Nesse ponto, a proposta central desse método é identificar quais atividades — ou fases — podem ser consideradas um desperdício e não agregam nenhum valor ao produto final ou serviço que será ofertado ao cliente. Desse modo, elas podem ser limitadas ou até eliminadas por completo.

Uma gestão de transportes baseada nesse método busca operações sistemáticas que sigam um fluxo mais enxuto — ou seja, baseado em uma demanda ideal. Se nada além do necessário é transportado, as entregas podem ser feitas dentro do prazo com mais facilidade.

Em alguns casos, é até possível realizar remessas mais próximas do momento em que o item será consumido. Com as novas práticas proporcionadas pelo sistema Lean, a empresa consegue economizar e investir em melhores processos, além de garantir um atendimento de qualidade superior para os seus clientes.

Os benefícios da metodologia Lean para o seu negócio

A metodologia Lean surgiu no setor automobilístico mas já provou que pode ser muito bem adaptada a outros segmentos trazendo as mesmas vantagens e melhorias. Conheça os principais benefícios que esse método pode oferecer para o seu negócio:

1. Atendimento de qualidade para os clientes

O princípio básico do método é oferecer um serviço de mais valor para os clientes e identificar o que os consumidores precisam e querem para, assim, atender às suas demandas.

Uma empresa próspera é aquela que possui clientes fiéis e satisfeitos. Uma organização que oferece produtos de qualidade, entrega no prazo e supera as expectativas dos consumidores tem a garantia de sucesso.

2. Mais eficiência para a gestão

Ao implementar o sistema Lean, gestores percebem que muito mais pode ser feito com menos pessoas e recursos. Quando o excesso é eliminado, os processos são simplificados, o fluxo de trabalho é contínuo e a administração da equipe pode ser feita de uma forma mais assertiva.

Esse método pressupõe que cada profissional deve se concentrar em sua estação de trabalho dando o melhor de si e desenvolvendo tarefas em alta performance de acordo com suas habilidades. A função do gestor é checar se tudo está sendo feito conforme o que foi determinado e oferecer treinamento e suporte caso seja necessário.

3. Ganhos financeiros

Com a adoção do sistema Lean, os benefícios financeiros são significativos. Em primeiro lugar, clientes mais satisfeitos fazem com que o negócio prospere e tenha mais lucros. Além disso, a ideia de redução de excessos — que geram gastos desnecessários — traz mais economia.

O dinheiro economizado pode ser investido de volta na empresa para a melhoria dos treinamentos e das operações. Assim, funcionários mais satisfeitos implicam em uma produção tranquila e mais espaço para que empresa possa expandir seu negócio.

7 desperdícios evitados pela metodologia Lean

Evitar e eliminar excessos são lemas do sistema Lean. Conheça 7 dos possíveis desperdícios que podem ser contidos com essa metodologia:

1. Defeitos e retrabalho

Entregas volumosas que contêm erros ou falhas aumentam também o número de defeitos que precisarão ser ajustados. Produtos fora das especificações precisam de outros recursos para serem consertados e representam um desperdício de material e tempo.

2. Tempo de espera

Se existem processos na sua empresa que precisam aguardar que outros sejam concluídos para que o fluxo possa seguir em frente — seja a espera por um fornecedor ou a finalização de uma atividade —, eles representam uma grande perda de tempo e dinheiro.

O sistema Lean aperfeiçoa os processos buscando coordenar melhor os passos e criar um cronograma de produção mais balanceado.

3. Talentos não aproveitados

Os colaboradores lidam com os processos diariamente, portanto, as opiniões e ideias vindas deles são muito bem-vindas. Desperdiçar talentos é não valorizar e aproveitar as contribuições que a equipe pode oferecer. Escutar os funcionários pode trazer resultados positivos — além de motivar o time.

4. Transporte

Armazenar um produto longe de onde ele será utilizado para, mais tarde, ter que transportá-lo ao seu destino não é uma boa prática de gestão de logística e envolve muitos gastos desnecessários. O transporte inútil de itens ou informações é eliminado com o sistema Lean.

5. Estoques

O acúmulo de itens em estoque representa prejuízo para empresa, além de ocupar espaço. Os produtos excedentes podem estragar ou ficar defasados com o tempo. Entregas menores e mais assertivas, alinhadas com o ritmo da produção, evitam esse problema.

6. Processos desnecessários

Atividades repetitivas, desnecessárias e que não agregam valor ao cliente podem ser eliminadas para tornar todo o processo mais funcional. Se existe um sistema de código de barras para identificação de cargas, por que pedir que a equipe preencha mais formulários?

A metodologia Lean é uma prática que pode ser aplicada aos negócios para empresas que desejam reduzir custos e desperdícios, aumentar a produtividade e garantir altos níveis de qualidade para seus clientes. Aposte nessas dicas e amplifique a eficiência da sua instituição!

Gostou do nosso conteúdo sobre a metodologia Lean? Conhece outros benefícios sobre a aplicação desse método? Compartilhe suas ideias conosco e deixe sua opinião nos comentários!

CTA_Patrus_Manual do Lean Manufacturing no transporte de cargas_final (1)